Dicas de preparação para aqueles com familiares idosos

 

bf0320ccffd785661c5853888017a3f3

Dicas de preparação para os mais velhos da família são igualmente importantes como aqueles para adultos e crianças. Sobreviver a um desastre ou qualquer situação de emergência depende muito de como se planejou. Isso se aplica especialmente para os idosos, que podem exigir cuidados extras.

As pessoas mais velhas podem ter necessidades diferentes, mas o que é importante é que o seu plano de preparação é construído para atender às necessidades de cada membro da família.

Envelhecer é um fato da vida; pouco a pouco, o corpo se desgasta  com o passar do tempo. Mas isso não significa que os idosos são inferiores e que devemos apenas deixar “a natureza seguir seu curso.” Um verdadeiro prepper sabe que ficar pronto para emergências não se limita apenas aos do auge da vida. Se você tem um membro da família idoso, seja o seu pai, mãe, avô ou avó, é o seu trabalho como um prepper responsável cuidar deles.

ornery old owl.jpeg

Essas dicas de preparação para ir mais juntos, e você e seu familiar idoso pode melhorar suas chances de sobreviver as chances juntos.

  1. Identificar os riscos na área onde você mora e também em casa.

Sua região é propensa a furacões, tempestades, inundações, alagamentos, quedas de encostas, ondas de calor, secas ou outros desastres naturais? Possuí fábricas, depósitos de fogos, combustível, é próximo de rodovia ou algo nas proximidades que possa ser um risco? Como é condição do urbanismo? As calçadas são planas, niveladas, tem obstáculos? AS ruas são pavimentadas? Costuma alagar?

Dependendo das necessidades dos entes idosos, procure adaptar a residência para eles. Pisos com antiderrapante, retirar tapetes e carpetes que podem ser causa de tropeços,  apoio para mãos no banheiro, passagens desobstruídas para cadeirantes ou mobilidade reduzida, adaptar altrua de móveis, vasos, pias, chuveiro.. Lanterna e apito perto da cabeceira

2 Construa um grupo de preparação.

Criar uma rede de vizinhos, parentes, amigos e colegas de trabalho para ajudá-lo em caso de emergência. Discutir as suas necessidades e garantir que todos saibam como operar os equipamentos necessários. Se for o caso, discutir as suas necessidades com o seu empregador. Saiba dividir a atribuir tarefas aos parentes mostrando e ensinando o que podem fazer, pois nem sempre poderá está por perto par ajudar, ainda mais com idosos que moram sozinhos.

3Faça um kit de emergência

Numa situação de emergência pode acontecer de ficar desalojado ou desabrigado ou ter problemas para obtenção de recursos( alimentos, água, remédios, etc)

Montar um kit de recuperação de desastres e garantir que todos na casa sabe onde ele está. Inclua em seu kit:

Fornecimento de três dias ou mais de alimento (ficar atendo a restrições e recomendações alimentares, por exemplo para diabéticos, hipertensos ou portadores de alguma alergia)

Fornecimento de três dias  ou mais de água potável – mínimo de 4 litros por dia

Rádio e TV por pilha ou bateria, carregadores, pilhas e baterias extras

Lanterna

Kit e o manual de primeiros socorros

Remédios de uso contínuo com a devida dosagem e horário anotados.

Itens de higiene e saneamento (lenços úmidos e papel higiênico, lenços umedecidos para banho, sabontes ou qualquer outro item específico, desinfetante, balde, panos de chão, etc)

roupas extras

cobertores

Acessórios de cozinha e utensílios básicos de cozinha

Abridor de lata manual

Ferramenta multi uso, como um canivete suíço

Fotocópias de documentos importantes (receitas médicas, carteira de identidade, plano de saúde, etc)

Dinheiro e moedas

Necessidades especiais itens, como a prescrição de medicamentos, óculos, soluções para lentes de contato, e baterias de aparelhos auditivos, lanceta para aparelho de glicose, entre outros aparelhos necessários

Telefone celular com carregador

apito

Conjunto extra de chaves do carro e da casa

3Ficar em forma

Uma das coisas mais importantes que podemos fazer, independentemente da nossa idade é entrar na melhor forma física possível. Mas à medida que envelhecemos a nossa força, flexibilidade e resistência diminuem. Alguns destes podem ser revertidas ou atrasadas, simplesmente levando um estilo de vida ativo e saudável. Exercício é gratuito e  irá sem dúvida melhorar sua saúde geral, mental e física   E os benefícios de manter o corpo ativo é bem vantajoso, não só na qualidade de vida mas na hora de precisar se movimentar de forma mais dinâmica e ágil para se salvar ou se colocar numa situação mais segura.

4Comer o alimento certo

A nutrição adequada é uma forma preventiva de doenças para todos, não apenas os idosos. Procure conhecer e usar alimentos mais saudáveis e naturais e formas de prepara-los de forma mais simples e saborosa.

Alimentar-se de forma saudável e praticar exercícios são as duas maneiras conjuntas de se manter em forma Se você estiver com sobrepeso, mesmo que seja um tanto sacrificante no início, mas quando começar a perceber que está entrando em forma e os benefícios, é um incentivo para continuar.

  1. Avalie a situação com honestidade, e não em suposições

 

Antes mesmo de considerar tomar um membro da família idosos ou amigo com você para uma evasão, você realmente vai ter que tomar uma decisão clara e imparcial sobre se ou não são capazes de fazer esta viagem.

Mesmo que eles são capazes de se locomoverem, você também tem que levar em consideração que, embora possam ser plenamente capaz de andar, se evadir numa situação de emergência a pé requer uma quantidade significativa de recursos. O peso dos alimentos, água, ferramentas e todos os componentes clássicos de uma mochila de fuga não é qualquer um que vai conseguir carregar. Mesmo se você é capaz de arrastar 25-40kg de suprimentos com você em sua caminhada, é muito provável que seus viajantes idosos ‘não serão capazes de suportar esse peso.

  1. Faça ajustes em seu plano

 

se você está entre as pessoas idosas ou com deficiência ou alguém importante para você, precisa ajustar seus planos em conformidade. Se você tem pais com deficiência, seus planos de sobrevivência vão ser limitados e modificados perante esta condição. Evacuação, dependendo da situação, pode ser impossível. Salvamento e defesa pode ser a única opção. Deficiência (os seus ou outros) e desvantagens irá reduzir suas chances, mas isso não significa que você está condenado. Preparação realista e criteriosa para superar este desafio. Verificando a viabilidade de rotas de fugas e adapta-las para as condições restritas de locomoção, e principalmente testar.

  1. Cuide de suas necessidades médicas

Montar alguns suprimentos médico fáceis de transportar numa mochila, saco de ombro ou necesserie. Inclua de 15 a 30 dias de medicamentos de prescrição e não se esqueça de incluir instruções escritas sobre a dosagem, horários  e uma lista de alergias, se houver.

Arrumar um par extra de óculos, e baterias de aparelhos auditivos, medidores de glicose ou outro equipamento médico que precise de pilhas/ baterias.

Rotule suas coisas. Isso inclui os seus sacos ou outros recipientes de remédios e artigos médicos, andadores, bengalas, cadeiras de rodas ou qualquer outra coisa que é provável precise.

Faça cópias do plano de saúde, cartão do SUS, inclua lista dos remédios e dosagem, juntamente com uma lista de seus médicos. Também inclua uma lista de tipo e número de série de dispositivos médicos como marcapassos, aparelho de surdez, medidor de glicose. Partilhar cópias desses documentos com um membro da família ou amigo de confiança.

  1. Assegurar a disponibilidade de caixa

 

Durante emergências, é claro, você precisa ter uma das coisas mais importantes para sobreviver: Dinheiro. Verifique se você tem dinheiro suficiente para cobrir despesas numa situação de emergência inesperada.  Procure ter um reserva para cobrir gastos de aluguel, compra de remédios e alimentos, consultas e exames médicos, reparos e concertos, etc. Procure manter controle desta reserva e seja disciplinado, ponderado e cauteloso no seu uso.

  1. Seu cérebro é uma arma e um item de comércio

 

Mesmo que possa haver uma limitação na locomoção e velocidade, o conhecimento e experiência continua sendo artigo valioso. Não só  o conhecimento de habilidades técnicas que podem ser úteis numa situação de emergência, mas poder manter a calma do grupo, ser ponderado, saber liderar… Qualidade fundamental em situação de crise.
Use esses conhecimentos e qualidades em benefício de todos e conquista a liderença com confiança e respeito.

  1. Primeiros Socorros / CPR

 

Fundamental aprender primeiros Socorros, ainda mais com pessoas idosas, em alguns casos, são mais propensas a fraturas, ferimentos e outros tipos acidentes que podem causar algum trauma. Então previna-se com esse conhecimento e esteja preparado quando precisar.

  1. Mantenha quieto

Pessoas idosas muitas vezes gostam de companhia e de conversar, contudo para a segurança aconselhe a não ficar comentando sobre as preparações, o que estão fazendo, o que fizeram, o que possuem, os recursos e suprimentos, etc. No máximo é apenas aconselhar amigos como fazer, dando dicas aos poucos mas sem entrar em detalhes da sua preparação.

 

Fonte: http://survivallife.com/preparedness-tips-elderly/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s